MARKETING E SUAS FALÁCIAS

Imagem

Alguns dias atrás no mercado com meu filho de 6 anos comprando shampoo, ele insistiu para levarmos um que tinha um desenho na embalagem um jogador de futebol. Chegamos em casa e as 15:00 contrariando as expectativas ele já queria ir para o chuveiro. Estranhei aquilo, não que ele seja o Cascão da Turma da Mônica, mas sempre travamos uma batalha nos minutos que precedem seu banho. A ficha caiu, lembrei do produto que ele estava afim de testar na esperança de ser contratado por um grande time mesmo não sabendo chutar uma bola.

E que tem a ver shampoo com jogadores de futebol? Acho que nada, mesmo por que os jogadores que vejo não possuem uma crina tão bela assim para causar inveja. Mas vendeu e é isso que importa.

Para quem não sabe o que são falácias, são argumentos ou explicações sobre algum assunto que parece razoável, mas na verdade não tem lógica e serve apenas para confundir.

Quem pensa que apenas uma criança cai nessa esta completamente errado. É provável que você ( se é que alguém chegou até aqui na leitura desse texto ) já deve ter sido influenciado por uma falácia. Pense como você escolheu a marca do seu creme dental, da sua loja de roupas, do seu material esportivo, do seu carro, o que vai comer no fast-food, supermercado de sua preferência, em quem vai votar, seu celular e a operadora etc. A lista é imensa e vai desde produtos de higiene até jóias caríssimas.

Exemplos e as falácias utilizadas:

 

Imagem

Falácia do Apelo ao rico (ad crumenam)Essa falácia consiste em pregar que a riqueza ou o sucesso material torna as pessoas corretas e sábias. O Ronaldo atesta que o produto é bom! Todos sabemos o sucesso que ele fez jogando bola, logo ele está correto.

Imagem

Falácia do apelo ao ridículo. Ridicularizar um argumento como forma de derrubá-lo. Nesse caso me parece que foi bem utilizada, ou seja, compara-se a tranqueira do velho equipamento de som com o tal ( Deus que nos perdoe ) Compadre Washington instigando o consumidor a desapegar do lixo.

Imagem

Falácia do apelo a autoridade ( Argumentum ad Hominem ). Argumentação baseada no apelo a alguma autoridade reconhecida para comprovar a premissa. Desde que me conheço por gente assisto as propagandas de pasta de dentes super agressivas e recheadas de argumentos vazios. A mais comum são fotos de dentistas que mais parecem modelos com dentes branquíssimos para atestar a eficiência do produto. Parece um argumento valido, mas não é. A eficiência de um produto farmacêutico só é possível com uma extensa metodologia que incluem testes de laboratório, testes em animas ( desculpe Luíza Mell e seguidores mas não vamos escovar nossos dentes se não for testados nos bichinhos antes ), testes em campo e todos com respaldo estatístico.

livro-o-segredo-por-ana-maria-braga-c-cd-frete-gratis-13654-MLB192613842_3254-F

Falácia do apelo a antiguidade ( Argumentum ad antiquitatem ), Afirmar que algo é verdadeiro ou bom somente porque é antigo ou porque “sempre foi assim”. Sei que muita gente ao ver a capa desse livro vai querer me torturar por dizer que isso é falácia. Não só digo como tenho esse livro como o maior manual de falácias de todos os tempos! O livro diz que a tal “lei da atração” é um segredo quem vem das antigas civilizações do Egito ( tenha dó ), mas isso para algumas pessoas tem um apelo interessante, mesmo que não exista provas ou mesmo evidências de isso tenha alguma verdade.

Na capa do livro vemos a vencedora Ana Maria Braga, que deve ter ouvido falar do livro após já ser consagrada e com mais de 50 anos, mas que esta ali atestando a eficácia do conteúdo. Mais uma falácia, apelo ao rico como falado acima.

54666

Falácia do apelo a ignorância ( Argumentum ad ignorantion ) Tentar provar algo a partir da ignorância quanto à sua validade. Só porque não se sabe se algo é verdadeiro, não quer dizer que seja falso, e vice-versa. Alguém sabe para que serve o cogumelo do sol? Existem estudos científicos que comprovam sua eficácia? Eu procurei e não achei,  mas a propaganda que mostra o tiozinho japa diz que é bom. Como não sabemos nada sobre os tais cogumelos, então é bom. Sem falar que a presença do garoto propaganda de um senhor idoso japonês também remete a outras falácias como apelo a autoridade anonima, e uma pitada de apelo a multidão querendo que imaginamos todo povo japonês tomando essa droga.

5859.11083-iPhone-Tela-Gigante

Falácia do apelo a novidade ( Argumentum ad novitatem ) Argumentar que o novo é sempre melhor, sem uma justificativa. Essa é clássica dos lançamentos de novos celulares e smartphones, também usada em planos de internet, TV a cabo. E funciona muito bem para mim. Não vejo a hora que seja lançado o iPhone 6 sem nunca te-lo visto, nem saber quais serão as características dele.

Poucos produtos compramos e são isentos desse engodo. Um remédio prescito por um médico nos obriga irmos na farmácia e comprarmos exatamente o que foi receitado independente se gostamos na caixa do produto, quem promove etc. Em tese o médico tem conhecimento para indicar a medicação, e quem o produz fez todos estudos obrigatórios que atestam os resultados esperados.

Mas a lista de exemplos de falácias é enorme e cada uma muito bem empregada para vender o produto. Na verdade não é só na venda de produtos e serviços que encontramos isso. Você vai poder achar também falácias por todo lado onde alguém esta tentando explicar ou te convencer de algo sem provas.

Se gosta do tema, sugiro a leitura do artigo na Wikipédia que trata do assunto onde cada falácia é explicada e exemplificada ( sem falácias ):

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia#Argumentum_ad_novitatem_.28apelo_.C3.A0_novidade.29

E como se vacinar para que não seja enrolado por um argumento falso? Não existe uma formula, apenas:

PROCURE SABER AO INVÉS DE ACREDITAR.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s